A Luta

Simers chama profissionais que atuam no Mais Médicos para reunião

11/02/2019

Em um rápido levantamento realizado pelo Simers entre os profissionais que atuam no Mais Médicos, já ficou evidente que existem problemas no modo como o programa foi concebido – e os reflexos aparecem entre aqueles que estão na ponta do atendimento. Perguntados se dispõem de insumos e medicações nos locais em que atuam, os médicos afirmaram que “não” ou “às vezes”, respostas que totalizaram 62,81% dos casos. Além disso, é frequente o não recebimento (47,11%) ou atraso (40,50%) no pagamento das bolsas, custeadas pelo Governo Federal.

Assunto em debate

Diante do cenário, especialmente entre os médicos chamados no último edital, o Simers convida os profissionais vinculados ao programa Mais Médicos para uma reunião na terça-feira (12), às 19h30. 

O encontro ocorre no auditório do Simers, na Rua Coronel Corte Real, 975, bairro Petrópolis, em Porto Alegre - RS. 

“Com os dados recolhidos já temos um panorama da situação. Mas é fundamental que os médicos venham para a reunião para que possamos debater os problemas e criar um plano de ação”, destaca o presidente do Simers Marcelo Matias. 

SEGUROS