A Luta

Situação dos médicos da Santa Casa de Livramento preocupa Simers

25/01/2019

A difícil situação financeira da Santa Casa de Misericórdia de Santana do Livramento motivou uma visita do Diretor do Interior do Simers, Fernando Uberti, ao município.

O representante da entidade médica teve reunião com um dos administradores da Santa Casa, Rodolpho Machado, que explicou sobre os repasses da Prefeitura - gestora do hospital - e sobre a saúde financeira da casa de saúde. Os médicos estão com mais de cinco meses de remunerações em atraso, referentes a 2016, 2017 e 2018. Três especialidades - cirurgia geral, anestesia e traumatologia - notificaram a instituição para a rescisão de contratos dia 10 de fevereiro, caso os atrasos não sejam quitados.

Mais tarde, Uberti recebeu o relato dos médicos de várias especialidades a respeito da situação do hospital. Os profissionais seguem trabalhando, mesmo que a dívida persista. O Simers seguirá negociando com a Santa Casa e a Prefeitura para buscar uma solução para o problema e garantir a manutenção do atendimento à população santanense.

O diretor Uberti ressaltou que o problema da Santa Casa é gravíssimo: “A Santa Casa de Livramento apresenta uma das situações mais graves do Rio Grande do Sul, havendo risco real de desassistência da população, devido ao não pagamento de médicos. Atuaremos no sentido de uma articulação entre a prefeitura e o hospital, em defesa da dignidade dos profissionais e da saúde dos santanenses”.

Diretor Uberti reuniu-se com os médicos da Santa Casa
Diretor Uberti reuniu-se com os médicos da Santa Casa


SEGUROS