Sindicato Médico do Rio Grande do Sul - Simers
A Luta

Médicos rejeitam acordo coletivo de trabalho proposto pela direção do Hospital de Tramandaí

17/01/2020 00:00


Em assembleia realizada nesta quarta-feira (15/1), os médicos do Hospital de Tramandaí rejeitaram a proposta de acordo coletivo de trabalho encaminhada pela direção da instituição.

Os profissionais decidiram elaborar uma contraproposta que será levada pelo Simers a Fundação Hospitalar Getúlio Vargas, gestora do Hospital. A entidade médica foi representada no encontro por sua Diretora da Região Metropolitana, Alessandra Felicetti, e pela delegada do Litoral, Gabriela Schuster.

Entre as cláusulas que deverão ser rediscutidas está a viabilidade de plantão 24 horas, mesmo que por um prazo determinado, até que haja nova discussão. Sobre a cláusula referente à remuneração, os médicos sugerem prever no acordo o ajuste pelos indicadores IPCA ou IGPM, o que for maior.

A categoria também incluiu entre suas reivindicações melhorias nas condições de trabalho em virtude das deficiências na estrutura do prédio que não conta com equipamento de raio X e aparelhos de ar-condicionado. O grupo também sugere a contratação de radiologista.

As reivindicações feitas pelos médicos serão remetidas pelo Simers para apreciação da gestão do Hospital de Tramandaí. Assim que houver retorno uma nova assembleia será marcada.

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
SEGUROS