Vida

Atenção com a saúde e valorização dos médicos foram pontos convergentes em debate de pré-candidatos ao Piratini em Santiago

24/06/2022 09:33

Quatro pré-candidatos ao Governo do Estado participaram, na quinta-feira, 23, de debate no município de Santiago, na Região Central do RS. O evento, que foi co-organizado pelo Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) juntamente com a Federação das Associações de Municípios do RS (FAMURS), Rede Verzeri e GNI Notícias e que reuniu 460 pessoas no Auditório do Colégio Medianeira, serviu para que os postulantes ao Piratini apresentassem seus planos e projetos para os próximos quatro anos. Estiveram presentes Gabriel Souza (MDB), Vieira da Cunha (PDT), Ricardo Jobim (Novo) e Roberto Argenta (PSC). A mediação foi feita pelo diretor-geral do Simers, Fernando Uberti Machado.

“Foi uma grande oportunidade para que os pré-candidatos apresentassem seus planos para o Estado e fossem questionados por entidades e alunos da escola. O Simers esteve presente entregando o Compromisso pela Saúde e pedindo atenção para a Saúde”, destacou o presidente da entidade médica, Marcos Rovinski. O dirigente fez o discurso de saudação, abrindo o debate. Ele cobrou que os pré-candidatos focassem na saúde, pois o cidadão quer um serviço de qualidade e os médicos clamam por valorização.
 
Entre as perguntas formuladas aos pré-candidatos, o diretor de Interior do Simers, Luiz Grossi, comentou a situação do IPE, a necessidade de uma ação rápida para recuperá-lo, bem como o reajuste das remunerações aos médicos. Os candidatos concordaram que a saúde merece uma atenção especial e que em seus governos os médicos terão a valorização que merecem.

“O evento, um dos primeiros pós-pandemia do Covid-19, evidenciou que a população quer conhecer melhor que pretende ser o governador do Estado. Mesmo o frio e a serração da noite de hoje, não impediu que o Auditório do Medianeira lotasse”, observou o diretor-geral do Simers, Fernando Uberti. O dirigente acrescentou que a temática da saúde mereceu destaque no evento. “Debates como que realizamos nesta noite proporciona conhecer as propostas para a Saúde dos postulantes ao Piratini, e, sobretudo, apresentar as nossas e responsabilizá-los com elas”, diz Uberti. 

O coordenador-geral da Comissão Organizadora, Fernando Silveira de Oliveira, elaborou o debate num formato de cinco blocos de 30 minutos cada. O primeiro foi dedicado à apresentação e à explicação de porque o pré-candidato quer ser governador. O segundo foi de perguntas das entidades co-organizadoras e apoiadoras, além de alunos da escola, todas previamente cadastradas e depois repassadas aos pré-candidatos. As perguntas foram sorteadas e lidas pelos representantes.

O terceiro e quarto blocos foram de perguntas entre os candidatos. Era sorteado um tema e, posteriormente, quem perguntaria. Este pode escolher para quem dirigiria seu questionamento. O último candidato a responder perguntou para o primeiro. Já os apoiadores do evento foram: Corede – Vale do Jaguarão/RS; Acamvale; Grupo Hospitalar Santiago; Móveis Santiago, e Italínea Idealité – Casa e Conforto.

 

SEGUROS