A Luta

Atraso no pagamento a médicos de Salto do Jacuí motiva ofício do Simers

20/10/2020 00:00



O Simers encaminhou, à secretária de Saúde do município de Salto do Jacuí, Luciana Lima da Silva, um ofício solicitando explicações a respeito do atraso no pagamento das remunerações dos médicos que atuam no Hospital Aderbal Schneider. Segundo o documento enviado pela entidade médica, está em atraso o pagamento de três meses de 2020 e de outros dois meses de 2019. Cópias do ofício foram encaminhadas ao Ministério Público e ao Conselho Regional de Medicina (Cremers).  

No documento, o Simers reforça sua preocupação com a situação, tendo em vista as frequentes trocas na administração do hospital. Nos últimos 12 meses, reforça a entidade, a instituição foi gerida por duas empresas diferentes e agora voltou para o controle da Prefeitura. Dessa forma, o Simers quer que o Executivo, por meio da secretaria de Saúde, apresente uma previsão de pagamento dessas parcelas em atraso.

“É importante ressaltar que essa troca sucessiva afeta severamente o trabalho dos médicos”, afirmou a diretora de Interior do Simers, Daniela Alba Ela ressalta que, mesmo assim, os profissionais não deixaram de efetuar os atendimentos. “Repudiamos, com veemência, a ausência de pagamento aos profissionais, porque essa situação pode causar a suspensão dos serviços médicos, com o consequente risco de desassistência à comunidade, o que não se pode admitir”, acrescentou. 

SEGUROS