Defesa

Comitiva do Simers se reúne com gestor do Hospital Getúlio Vargas em Sapucaia do Sul

02/06/2021 22:21

 

O Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) esteve nesta segunda-feira, 31, em Sapucaia do Sul nas dependências do Hospital Getúlio Vargas. O objetivo da visita da comitiva, que foi liderada pelo diretor Rogério Koeche, foi o de analisar às condições de trabalho dos médicos e o atendimento da instituição administrada pela Fundação Getúlio Vargas. Conforme os gestores, dos 178 leitos disponíveis, 134 estão ocupados, sendo 40 destinados aos pacientes com Covid-19.

A UPA 24 horas de Sapucaia do Sul também está com dificuldades na gestão das escalas nas segundas. Relatos apresentados pelos médicos das unidades ao diretor Koeche apontam que as empresas contratadas não conseguem fechar o número de médicos necessários para preencher as escalas de plantão, comprometendo o atendimento. A sugestão do representante da entidade foi o de realocar o médico que está de plantão nos domingos para desafogar os outros nas segundas. O Administrador das UPAs levará está sugestão à Fundação. 

Para o diretor Rogério Koeche, este é um problema que necessita ser ajustado com a Fundação.
 

SEGUROS