A Medicina

Diálogos com a Comunidade discute saúde na terceira idade

24/08/2018 08:23

Ouvidos atentos a cada fala da nefrologista Gisele Lobato. De tempos em tempos, leves acenos de cabeça, em sinal de consentimento. Na plateia, idosos prontos a discutir os desafios da saúde na terceira idade - eles sabem que não são poucos e querem estar bem informados. Realizada na tarde desta quinta-feira (23), a palestra é parte do projeto Diálogos com a Comunidade, do Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (MUHM).

“Nós sabemos que o avanço da idade aumenta a chance de desenvolvermos inúmeras doenças. Não é um assunto exatamente agradável, mas precisamos falar sobre isso”, iniciou Gisele.

Entre as doenças mais comuns, a médica destaca as de origem cardiovascular, além de câncer, pneumonia, infecção urinária, diabetes, osteoporose, depressão, mal de Alzheimer e de Parkinson. Para ela, o importante é adotar medidas que ajudem a melhorar a qualidade de vida e que reduzam os riscos.

Esclarecimentos

Depois da apresentação, um espaço para tirar as dúvidas. “Por que sentimos mais frio com a idade? A púrpura senil aparece apenas no rosto?”, questionou a plateia curiosa. Para Gisele, a importância de trazer esse assunto é mostrar a necessidade de buscar ajuda médica quando algum sintoma incomum  surge. “Quanto mais cedo pudermos agir, mais fácil vai ser o tratamento”, destacou ainda.
SEGUROS