Sindicato Médico do Rio Grande do Sul - Simers
Medicina

HUB de Solidariedade Simers: Combate à dengue e Trote Solidário reuniram mais de 200 alunos de medicina e movimentaram a Região Metropolitana no último sábado

05/04/2022 12:26

O Hub de Solidariedade e o Núcleo Acadêmico, iniciativas que fazem parte das ações sociais do Núcleo de Políticas Estratégicas do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), reuniu mais de 200 estudantes de Medicina em iniciativas que movimentaram Porto Alegre e cidades da Região Metropolitana, no sábado, 2. Os alunos estiveram engajados no combate à dengue, na Capital, e em mais uma edição do Trote Solidário realizado em Porto Alegre, Canoas, São Leopoldo e Novo Hamburgo.

Para o diretor de Políticas Estratégicas do Simers, Vinicius de Souza, a participação dos futuros médicos mostra o comprometimento com as causas sociais e é essencial na formação dos profissionais. “Temos muito orgulho em ver que, a cada ano, nossas ações crescem e garantem os melhores resultados em prol do bem comum”, reforça.

DIA D

Pela manhã, os acadêmicos fizeram parte das equipes organizadas pela Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre no combate à dengue, no chamado Dia D. Ao lado de voluntários da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) e do Comando Militar do Sul, eles percorreram 31 bairros, nos pontos onde foram identificadas as maiores infestações do aedes aegypti, transmissor da doença.

O objetivo foi conferir os possíveis criadouros do mosquito e alertar à população sobre o perigo do acúmulo de água e lixo para a transmissão da dengue. Desde janeiro deste ano, foram notificados 902 casos suspeitos da doença entre moradores de Porto Alegre, dos quais 557 foram confirmados, sendo 541 contraídos na cidade.

De acordo com a diretora adjunta da Vigilância em Saúde de Porto Alegre, Fernanda Fernandes, a parceria do Sindicato foi fundamental para garantir que a força-tarefa alcançasse os resultados esperados. “A gente precisa de muitas mãos para vencer a dengue e o Simers ter se incorporado a nossa equipe foi fundamental para ir à campo na orientação à população sobre uma doença que nos desafia a casa ano. Em especial em 2022, que batemos recorde de casos”, destaca.

A diretora do Simers, Bruna Favero, o diretor Bruno Ledur e o diretor do Núcleo Acadêmico Simers, Gusthavo Osaida, acompanharam a visita oficial feita pela Prefeitura às casas do bairro Jardim Itu, com maior número de focos da doença. “Os picos de casos de dengue aconteceram antes do esperado e o Hub Solidariedade mobilizou os futuros jovens médicos para ir nas cassa e multiplicar as orientações junto à comunidade no combate à dengue”, reforça Bruna.

TROTE SOLIDÁRIO

Durante todo o dia, os futuros médicos participaram de mais uma edição do Trote Solidário, iniciativa que desde 2008 vem mudando a realidade nos ritos de recepção aos novos universitários, dando lugar para ações de caráter social. Eles estiveram em diversos supermercados de Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo e São Leopoldo, em pontos de coletas de alimentos não perecíveis e que serão doados para o Banco de Alimentos do RS.

“O Trote já é culturalmente aceito tanto pelos acadêmicos, quando pela população, que sempre nos recebe muito bem, pois sabem do impacto social que isso causa”, destaca Scarlet Orihuela, diretora do Simers.

Lembrando que até o dia 11 de abril também poderão ser feitas doações de sangue, de livros e de tampinhas plásticas, que serão entregues para as entidades beneficiadas com a iniciativa. Hoje, o Trote Solidário reúne estudantes de 19 universidades de Medicina do Estado, a Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais, os hemocentros do Estado, o Instituto da Criança com Câncer e o curso Fleming.

 

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
SEGUROS