Sindicato Médico do Rio Grande do Sul - Simers
A Luta

Médicos municipários de Alvorada buscam valorização

13/07/2017 17:00

A valorização pela dedicação à saúde da população de Alvorada. Este é o pedido dos médicos municipários, como o ginecologista Airton Eizerik. Ele atua no município desde 1983, portanto, há 34 anos, quando concluiu a residência médica. “É a minha cidade, na qual decidi focar minha carreira. Chego antes das sete horas e só termino minhas atividades à noite”, conta o especialista. Eizerik e os demais médicos municipários solicitam a readequação da carga horária e o diálogo para a construção de um plano de carreira para a categoria. O prefeito de Alvorada, José Arno Appolo do Amaral, se comprometeu a avaliar a reivindicação em reunião realizada com os profissionais e o Sindicato Médico do RS (SIMERS) na manhã de quinta-feira (13). O diretor do SIMERS Wllian Adami ressaltou que a readequação da carga horária não tem impacto financeiro para a gestão municipal, ao mesmo tempo em que este pleito e o plano de carreira proporcionam o interesse de outros especialistas em atuarem na cidade, assim como a manutenção dos atuais. “Buscamos estabelecer algo que é previsto em lei, que é a readequação da carga horária, especialmente diante de um cenário que impossibilita o aumento nas remunerações de acordo com o praticado no mercado”, destacou o dirigente.
reunião dos médicos municipários de Alvorada
Adami ressaltou a importância da readequação. Foto: Divulgação/SIMERS

Compensação

Em maio, o SIMERS esteve reunido com a secretária de saúde, Neusa Abruzzi, levantando também outra questão, que é a compensação dos horários. A tolerância de apenas 10 minutos de atraso prejudica médicos que possuem outros vínculos e, eventualmente, precisam concluir atendimento em outro posto de trabalho antes de se deslocar para Alvorada. Amaral afirmou que discutirá esta proposta e as demais demandas com a titular da Secretaria Municipal de Saúde. Para o SIMERS, é preciso considerar a produtividade médica, já que os profissionais jamais se afastam da unidade em que trabalham sem atender a todos os pacientes que estão agendados.

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
SEGUROS