A Luta

Pelotas: Simers defende que todos exames pré-câncer com suspeita de irregularidade sejam refeitos

03/08/2018 14:41

Simers na reunião da Câmara de Pelotas
Diretora Gisele Lobato falou na reunião na Câmara de Pelotas. Foto: Câmara Pelotas/Divulgação
O Simers participou, nesta quinta-feira (2/ago), de uma reunião pública na Câmara Municipal de Pelotas para discutir as denúncias envolvendo os exames de pré-câncer no município. A reunião intitulada “Dia M Pela Vida das Mulheres” contou com a presença de deputados federais, estaduais, vereadores e representantes da 3ª Coordenadoria Regional de Saúde, Conselho Municipal de Saúde, Conselho Estadual de Saúde, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Sindicato dos Trabalhadores na Saúde, Simers, Asufpel, Adufpel, e Grupo Autônomo de Mulheres de Pelotas (Gamp). A reunião foi marcada por manifestações de algumas mulheres cujos exames estão sob suspeita de irregularidade. São cerca de 17 mil exames recolhidos pelo Serviço Especializado de Ginecologia (SEG). Emocionadas, relataram os transtornos ocorridos com os diagnósticos equivocados e ganharam aplausos da plateia. As outras manifestações reforçaram os prejuízos às mulheres e também criticaram a gestão na saúde pela atual administração municipal. A diretora do Simers Gisele Lobato criticou o fato de que essa irregularidade tenha atingido um grande número de mulheres. “Esse exame é muito importante, pois permite que se faça um diagnóstico precoce. Estamos tristes e penalizados com a população de Pelotas e não concordamos que os exames sejam feitos por amostragem. Se for preciso coletar de novo os 17 mil exames, nós, os médicos, vamos estar presentes”, afirmou. CPI As denúncias de fraudes nos laudos dos exames de pré-câncer de colo de útero feitas semana passada pela imprensa serão investigadas pela Câmara de Vereadores de Pelotas através de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). O requerimento para abertura da CPI, apresentado pelo presidente da Comissão de Saúde, Marcos Ferreira (PT), foi assinado por 19 dos 21 vereadores.
SEGUROS