Sindicato Médico do Rio Grande do Sul - Simers
A Luta

Preocupado com o Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul, Simers protocola ofício junto ao Ministério Público

12/07/2019 00:00


Foto: Simers/Divulgação
Foto: Simers/Divulgação

O cenário do Pacs (Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul) segue caótico, principalmente na ala psiquiátrica, onde o Simers registrou superlotação, mais de uma vez neste ano.  Durante vistorias, a entidade médica constatou pacientes dormindo em colchonetes no chão, adolescentes alojados em consultórios, além da falta de estrutura para atender, incluindo o número insuficiente de psiquiatra na escala, fazendo com que um plantonista atenda sozinho. Por conta disso, o Sindicato Médico, representado pela diretora da Região metropolitana, Alessandra Felicetti, se reuniu na última quinta-feira (11), com o promotor de Justiça Mauro Luís Silva de Souza, e protocolou, junto ao Ministério Público do RS, um ofício por conta da situação do Pacs. Essas preocupações já haviam sido relatadas pelo Simers às autoridades, porém as irregularidades permanecem. 


Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
SEGUROS