Sindicato Médico do Rio Grande do Sul - Simers
A Vida

Sangue doado no Trote Solidário pode salvar até 240 vidas em Santa Maria

24/03/2017 17:38

Cerca de 150 calouros dos cursos de Medicina da UFSM e da Unifra participaram da ação. Foto: Cristiano Magrini
Cerca de 150 calouros dos cursos de Medicina da UFSM e da Unifra participaram da ação. Foto: Cristiano Magrini
A coleta de sangue no Hemocentro Regional e no Serviço de Hemoterapia de Santa Maria superou as 60 bolsas na manhã desta sexta-feira (24). O material, que pode beneficiar até 240 pessoas, é resultado da primeira edição de 2017 do Trote Solidário no município, promovido pelo Núcleo Acadêmico do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (NAS). Cerca de 150 calouros dos cursos de Medicina do Centro Universitário Franciscano (Unifra) e da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) se inscreveram para participar da atividade.  Conforme a diretora do NAS Bárbara Fonseca, “além de ser uma ação altruísta e solidária, é importante para mudar a imagem pesada dos trotes”. Essa visão é compartilhada pelo também diretor do NAS William Stertz. Para ele, a iniciativa dá outro significado para o rito de passagem que é o ingresso ao ensino superior, porque o trote deixa de ser pejorativo e passa a assumir característica solidária. De acordo com a coordenadora do Hemocentro Regional de Santa Maria, Carla Coelho, iniciativas como essa são importantes, principalmente nesta época do ano. O estoque, que estava baixo devido ao Carnaval e ao período de férias, foi renovado.  Além disso, Carla ressalta a característica positiva do Trote Solidário: “São doadores que vão continuar doando. Eles não vêm aqui só uma vez. Nós comprovamos isso porque eles voltam no outro trote como veteranos ou eles voltam espontaneamente durante o semestre. Esse doador de repetição é muito importante”. Exemplo disso são os estudantes Carolina Scapin Facco, 20 anos, e Douglas Fioravante Pereira, 26 anos. A jovem já era doadora e compareceu novamente para apoiar os colegas que participavam pela primeira vez: “Precisamos nos colocar no lugar do outro, porque nunca sabemos quando vamos precisar”, disse a acadêmica do segundo semestre de Medicina da UFSM. Para Douglas, do primeiro semestre de Medicina da UFSM, “são pequenas atitudes como essa que fazem a mudança e cabe a cada um fazer a sua parte para buscar o melhor”. No Serviço de Hemoterapia, que funciona junto ao Hospital de Caridade Doutor Astrogildo de Azevedo, o horário de atendimento foi ampliado este ano especialmente para a ação. A biomédica responsável pela captação, Elisa Frizon Almeida, conta que, em 2016, a demanda foi tanta que algumas coletas precisaram ser agendadas para outro dia. O estudante Witor Elias Belchior Lira, 19 anos, está no primeiro semestre do curso de Medicina da Unifra. Ele compareceu ao hospital e destacou que o processo é simples: “Não dói. É rápido e salva vidas. Eu sei que isso vai fazer a diferença e esse é o melhor sentimento”.

Estudantes recolhem donativos no sábado

O Trote Solidário continua neste sábado (25), em Santa Maria. Os estudantes estarão em três supermercados da cidade recolhendo donativos que serão repassados ao Banco de Alimentos do município. Os grupos se revezam  das 9h às 18h no Big, no Carrefour e no Nacional. Os calouros e veteranos estarão identificados com camisetas e distribuirão material informativo à população. Big – Avenida Fernando Ferrari, 1483, Bairro Nossa Senhora de Lourdes Carrefour - Avenida Rio Branco, 732, Centro Nacional - Avenida Medianeira, 1321, Bairro Nossa Senhora Medianeira

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
SEGUROS