Defesa

Simers alerta sobre a precarização do trabalho no verão

08/12/2020 00:00



Com a proximidade do verão e do período em que a população se desloca com mais frequência ao Litoral para aproveitar as praias gaúchas, abrem-se também aos médicos novas oportunidades de atuação. Apesar das possibilidades de trabalho, os profissionais precisam estar atentos aos contratos firmados, que devem garantir as mínimas condições para o exercício da profissão. 

O médico Eduardo Dias, coordenador dos núcleos de Trabalho do Simers, evidencia que o Simers, através da Assessoria Jurídica, orienta com ampla informação os profissionais da saúde sobre as relações seguras entre contratantes e contratados, evitando possíveis descompassos que possam gerar uma precarização do serviço médico.  

A diretora do Simers, Gisele Belloli, do Núcleo de Combate à Precarização do Trabalho Médico, esclarece que é importante definir vínculos sem cláusulas abusivas e analisar criteriosamente cada contrato, independente das modalidades: RPA, Pessoa Jurídica, CLT ou sociedade.

Jefferson Boeira, médico que integra o mesmo núcleo, observa que plantões acertados de maneira informal podem gerar riscos. Ele ressalta que o Simers faz o acompanhamento dessas relações de trabalho em respeito às melhores condições do ato médico e medidas inadequadas devem ser denunciadas no canal de providências: https://conteudo.simers.org.br/canal-providencias.

SEGUROS