A Luta

Simers defende revisão da legislação sobre acompanhamento no parto

19/08/2019 00:00


Acompanhamento familiar em sala de parto (limites para o benefício da paciente e do médico). Este foi o tema do Cremers Debate que ocorreu no dia 15 de agosto na sede da instituição em Porto Alegre. Durante sua participação no evento, o presidente do Simers, Marcelo Matias, afirmou que a presença do familiar na sala de parto é importante e positiva. Ressaltou, porém, que as estruturas hospitalares no Rio Grande do Sul não são adequadas, com separação incondizente de leitos e número inferior ao necessário de profissionais. 

O presidente do Simers lembrou que em algumas situações, o médico se depara com familiares sem treinamento, que não participaram do pré-natal e chegam despreparados à sala de pré-parto. Também destacou que o médico é o profissional mais capacitado para saber se há, na ocasião do parto, condições de acolher acompanhante ou não.

Para Marcelo Matias, torna-se necessário estabelecer limites para que não ocorram excessos. O presidente defendeu o debate do tema junto não somente às entidades de representação médica, mas também às jurídicas, para que assim possa ser elaborado um texto de lei que venha a regular de forma adequada a questão do acompanhamento familiar em sala de parto no Brasil.

SEGUROS