Sindicato Médico do Rio Grande do Sul - Simers
A Luta

SIMERS denuncia precariedade em Posto da Lomba do Pinheiro

13/06/2017 18:02

Foto: Divulgação/SIMERS
Foto: Divulgação/SIMERS
O Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS) notificará a Vigilância Sanitária municipal sobre as condições insalubres do Pronto Atendimento da Lomba do Pinheiro (PA), localizado em um dos bairros mais populosos de Porto Alegre, com mais de 50 mil habitantes. Além da superlotação nesta época do ano, a unidade enfrenta problemas com o acúmulo lixo no seu entorno, tornando o ambiente propício para a circulação de ratos e baratas. Os problemas foram relatados na manhã desta terça-feira (13), durante reunião entre o Sindicato e os médicos do PA. O SIMERS vai protocolar um pedido junto à prefeitura solicitando o encaminhamento adequado desses resíduos. O objetivo é a garantia da saúde dos profissionais, bem como da população assistida no posto. Lisiani Mottini (33) O cenário é de descaso. Macas, bancos e poltronas antigas, equipamentos hospitalares, móveis e sanitários, todos jogados em um porão embaixo do Pronto Atendimento. Na parte externa, milhares de lâmpadas fluorescentes tubulares descartadas, material altamente tóxico para a saúde e natureza. Uma vez o lixo em contato com a água, a torna imprópria para consumo – altamente cancerígena. Se descartadas em locais impróprios, como aterros ou lixões, podem poluir mananciais e lençóis freáticos, sendo irreversível para natureza. Por isso, a necessidade de as lâmpadas serem descartadas de maneira adequada, com empresas especializadas. Lisiani Mottini (39)

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
SEGUROS