Sindicato Médico do Rio Grande do Sul - Simers
Defesa

Simers em Canoas: reunião com os médicos do Hospital de Pronto Socorro

31/01/2022 11:03

O diretor do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), Júlio Venzo, conversou com os médicos do Hospital de Pronto Socorro de Canoas nesta sexta-feira, 27, e garantiu que os direitos devem ser preservados neste momento de transição e projetou: “aqueles direitos que não forem mantidos serão buscados judicialmente”, garantiu o diretor acompanhado da assessoria Jurídica do Simers.

Venzo explicou aos colegas que o momento é de ajuste na passagem de uma empresa para outra, mas a projeção é de que todas as questões jurídicas e trabalhistas devem ser respeitadas nos novos contratos que estão começando.

Diante deste momento, o Hospital de Pronto Socorro de Canoas mantém o atendimento à população focado mais no trauma já que algumas especialidades, como cirurgia plástica, estão com dificuldades de manter os profissionais e as escalas de plantão não estão completas.

“Este momento deve ser superado”, previu o diretor Júlio Venzo, como é o caso do setor de anestesiologia do Hospital Universitário, que já foi formalizado”, exemplificou. O diretor explicou, ainda, que todo este momento foi formalizado em audiência junto ao Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região, com o acompanhamento do Ministério Público do Trabalho e Justiça do Trabalho de Canoas.

 

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
SEGUROS