A Luta

Simers mobiliza entidades para ações de proteção aos profissionais da saúde

08/07/2020 00:00



Nesta quarta-feira (7), o vice-presidente do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), Marcos Rovinski, juntamente com a assessoria e o gerente Jurídico da entidade, Auro Ruschel, reuniu-se com o presidente do Conselho Regional de Enfermagem (Coren-RS), Daniel Menezes de Souza e equipe, para apresentar as ações que o Simers desenvolve em defesa da segurança dos médicos e profissionais da saúde. 

Rovinski destacou a importância da união de forças entre as entidades para que projetos em tramitação no Congresso Nacional – a exemplo do PL 6749/16 – sejam aprovados com a máxima brevidade, "a fim de que agressões contra profissionais da saúde, no exercício da profissão, sejam considerados crimes agravados". Além disso, o dirigente apresentou a campanha "Violência, Não!", recentemente lançada pelo Simers para coibir o aumento de número de casos graves contra médicos e profissionais da saúde. Na oportunidade, ele destacou a possibilidade de um trabalho conjunto de conscientização da sociedade sobre a importância de proteger os profissionais da saúde contra todos os tipos de agressões, "sejam elas, físicas, verbais ou psicológicas". 

Daniel Souza salientou a importância do tema, listando as ações estabelecidas pelo Coren para evitar casos de violências e incentivar o registro oficial de casos, a fim de que se possa estabelecer dados estatísticos e processos cabíveis junto às autoridades pertinentes. O presidente do Coren fará contato com seus pares na instância federal para encaminhamento de estratégias visando à aprovação do PL em questão. Ficou acertado que, em uma semana, ocorrerá nova reunião com representantes do Sindicato dos Enfermeiros do Rio Grande do Sul (Sergs) e do Conselho Regional de Medicina (Cremers), para ajuste de estratégias e ações conjuntas, com o objetivo de sensibilizar a sociedade sobre as questões que envolvem a violência contra os profissionais da saúde.

SEGUROS