Sindicato Médico do Rio Grande do Sul - Simers
A Luta

SIMERS negocia com prefeitura de Alvorada

26/01/2017 18:00

A flexibilização da carga horária dos médicos que atendem a rede pública em Alvorada é uma demanda acompanhada pelo Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS). Na tarde desta quinta-feira (26), o diretor do Sindicato André Gonzales e a secretária da Saúde do município, Neusa Abruzzi, se reuniram para definir a regulamentação do horário e turnos de atendimentos dos profissionais. Na oportunidade, o SIMERS também foi comunicado de algumas medidas demandadas e que começam a ser atendidas pelo gestor municipal. Uma delas é relativa ao SAMU. A secretária informou o Sindicato que contratará uma empresa para fazer “a destinação de pessoal médico”, medida que suprirá a necessidade atual até que se realize, no decorrer do primeiro semestre deste ano, concurso público para o preenchimento das vagas. A estrutura deficitária do PAM 8 e a ampliação no número de exames no laboratório municipal, entre outras questões, igualmente estiveram na pauta. A prefeitura pretende transferir o pronto atendimento para o prédio da UPA, ficando no PAM 8 apenas a parte de ambulatórios. Eles também se comprometeram a informatizar a unidade, para onde já estariam destinados 18 computadores. Quanto ao laboratório, a boa notícia é o desejo de ampliação dos atuais cinco mil exames/mês, para quinze mil exames laboratoriais ao mês. Para concretizar a projeção, a Secretaria da Saúde  pretende transferir a estrutura física e de pessoal do laboratório, para o prédio da UPA.  

.

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
SEGUROS