Medicina

Simers orienta sobre projeto de lei do Parto Seguro de Parobé

26/02/2021 09:28

Em reunião virtual na quinta-feira (25), as diretoras do Simers Márcia Barbosa e Daniela Alba orientaram o vereador Adriano Azeredo (MDB) sobre a redação mais adequada para o projeto de lei do Parto Seguro que será reapresentado no Legislativo de Parobé, que realiza até 180 partos por mês. As diretoras são obstetras e destacam que essa proposta de legislação, em nível do município, deve priorizar a educação, comunicação e boas práticas que caracterizam o parto humanizado, sem poder fiscalizar e propor sanções que são prerrogativas do Estado e da União.
 
“Lei semelhante foi orientada por nós em Pelotas e busca a humanização e as melhores práticas”, destacou Márcia Barbosa que é coordenadora do Núcleo de Obstetrícia do Simers. “Dessa maneira, há melhor comunicação entre médico e paciente tendo como base o diálogo”, ponderou Daniela Alba, que é diretora de Interior do Simers. 
 
As médicas sugeriram, ainda, visitas das gestantes de Parobé ao hospital local, para que conheçam os procedimentos e etapas do parto e assim se familiarizem com o momento de nascimento dos filhos.

SEGUROS