Defesa

Destaques da assessoria jurídica do Simers nos primeiros 120 dias do ano

06/05/2021 13:56

A qualidade técnica, experiência, dedicação e a atenção da assessoria jurídica do Simers a questões que possam proporcionar melhores condições de atuação aos médicos trouxeram resultados positivos às reivindicações dos profissionais e aos planos de defesas da categoria nos primeiros 120 dias de 2021. De acordo com o gestor jurídico da entidade, Auro Ruschel, o trabalho focado na garantia dos direitos dos profissionais, bem como nas condições adequadas para o exercício da medicina, ocasionou resultado positivo a 37 atendimentos, negociações e ações de um total de 46 demandas registradas no período. Os demais casos estão em andamento. 

Entre as conquistas do período, inclui-se a imunização dos acadêmicos de medicina e médicos residentes de Passo Fundo que integram as equipes da linha de frente no combate à Covid. Em São Gabriel, tiveram resultado positivo as providências contra a falta de medicamentos para o chamado kit intubação para os pacientes com Covid-19. Em Pelotas, a partir de negociações, foi possível adequações em honorários médicos e a contratação de plantonistas. Em Tramandaí, no Litoral Norte, onde mais de R$ 65 mil foram recuperados com o pagamento de honorários a médicos da UPA e das Unidades Básicas de Saúde, também houve a disponibilidade de equipamentos como o necessário tomógrafo, que foi consertado. Já em Santana do Livramento, avançam as negociações em prol dos profissionais da Santa Casa local e foi aprovada a contratação de dois novos anestesistas, além de abertura de investigação sobre violência e fake news contra médicos.

Entre as vitórias alcançadas nestes quatro primeiros meses do ano, é possível citar acordos coletivos de jornadas de trabalho, ajustes salariais, quitação, pagamento e equiparação salarial, correção de percentuais, vacinação contra a Covid-19, aquisição de EPIs,  reabastecimento de estoques de medicamentos, ajustes nas escalas de plantões, combate ao exercício ilegal da medicina e combate à precarização ao trabalho médico. 

Esses temas envolveram médicos de diversos municípios gaúchos além de Porto Alegre, como Canoas, Santana do Livramento, São Pedro do Sul, São Gabriel, Serafina Corrêa, Três Passos, Uruguaiana, Passo Fundo, Gravataí, Pelotas, Rio Grande, Tramandaí, São Leopoldo, Santa Maria,  Santiago, Torres, entre outros.
  
Há processos em andamento na cidade de Santana do Livramento relativos à implementação do plano de ações da administração da Santa Casa. Em Uruguaiana, a assessoria jurídica do Simers aguarda contraponto da gestão hospitalar às solicitações de especialidades e, em outros municípios, o combate à precarização do trabalho médico se intensifica. 

O Simers se mantém atento a todas as questões que envolvem os médicos e atuante na defesa e proteção desses profissionais. Com equipe especializada para atender os seus associados, a entidade médica visa proporcionar melhor qualidade de vida e resultados positivos aos seus assessorados.

SEGUROS