Sindicato Médico do Rio Grande do Sul - Simers
A Luta

Enquanto trabalhadores lutam por valorização, alguns hospitais ampliam as dependências

10/11/2016 17:12

Vice-presidente do SIMERS, Maria Rita de Assis Brasil, em discurso na paralisação dos hospitais
 Foto: Vlademir Canella
Nesse momento, ao mesmo tempo em que médicos e demais trabalhadores da saúde estão nas ruas lutando por valorização e para garantir seus direitos de correção do reajuste inflacionário, alguns hospitais, ligados Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre (Sindihospa), ostentam em páginas inteiras de grandes jornais da capital o aumento de suas dependências. Trata-se de construções milionárias. Um desses prédios, por exemplo, terá o investimento de aproximadamente R$ 100 milhões. Não é apenas essa construção que está sendo erguida nesse período de luta dos profissionais da saúde. Outra obra está sendo duplicando o espaço de um grande hospital de Porto Alegre. Nesse caso, o valor está orçado em R$ 400 milhões. Tal situação mostra a contradição do Sindihospa. “É fundamental na nossa mobilização, para que a gente recupere o mínimo necessário, que é a reposição da inflação do ano. É por isso que nós estamos aqui. Estamos vendo que mais de um hospital está ampliando os seus serviços e duplicando suas dependências. Então, Por que não existe dinheiro para pagar o nosso salário de maneira adequada com a inflação que ocorreu há um ano? Essa é a luta que estamos fazendo aqui”, afirmou a vice- presidente do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS), Maria Rita de Assis Brasil. Desde a data base do setor, mês de julho, os trabalhadores buscam a reposição da inflação acumulada, no valor de 9,5%, para os médicos. Entretanto, o Sindihospa acenou com a proposta de apenas 5%, com o INPC integral para 2017. A paralisação dos hospitais vem acontecendo desde a manhã do dia 9 de novembro, com previsão de duração de 48 horas. Na próxima sexta-feira, 11 de novembro, haverá assembleia unificada, em frente ao Hospital Conceição, para definir se a paralisação continuará.

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
SEGUROS