A Luta

Falta de vacinas nos postos de saúde devem ser normalizadas até o final de fevereiro

12/01/2016 15:21

DSC_0055.1 Tentar completar as três doses da vacina Hepatite B ou até mesmo quem precisa se proteger da mordida de um cachorro tomando a vacina antirrábica é praticamente impossível em POA. No momento faltam doses dessas vacinas não só na Capital gaúcha, mas em quase todo o país. Maria Alessandra dos Santos é cearense e há dois anos mora em POA. “Procurei o posto no dia 21 de dezembro porque preciso tomar a terceira dose da vacina Hepatite B, mas me disseram que não tinha. No dia 28 voltei no posto e ainda estava em falta. A atendente me informou que o problema é em todo o Brasil.” Segundo nota divulgada pelo Ministério da Saúde até o final de fevereiro a distribuição começa ser normalizada. “Hepatite B - Em outubro passado foram distribuídas 1,2 milhões de doses aos estados brasileiros. A situação deverá estar normalizada até final de fevereiro. Vacina Antirrábica Humana - O Mistério da Saúde distribuiu aos estados brasileiros, nos últimos três meses, 144,6 mil doses da vacina. Foram adquiridas mais 370 mil doses que aguardam análise do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) e deverão ser entregues aos estados ainda neste mês de janeiro.” No mês de novembro, o SIMERS já havia identificado outro problema em relação as vacinas, só que dessa vez era sobre o acondicionamento das mesmas. Havia vacina, mas não tinha como guardá-la.  Foi constatado atrasos na instalação das câmaras de armazenamento dificultando a vacinação em Unidades Básicas de Saúde da capital. Confira a matéria completa aqui.
SEGUROS