Defesa

Perícia indica insalubridade em grau máximo para médicos da Fundação Getúlio Vargas de Sapucaia do Sul

25/11/2021 13:38

O diretor do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), Ricardo Pedrini Cruz, acompanhou nesta terça-feira, 23, audiência na 1ª Vara do Trabalho que informou o laudo pericial de insalubridade em grau máximo para os médicos da Fundação Getúlio Vargas, de Sapucaia do Sul.

Ao todo, serão beneficiados 60 médicos, ficando de fora somente aqueles que foram totalmente afastados das atividades presenciais. A audiência foi coordenada pela juíza Bernarda Toldo.

O diretor do Simers, Ricardo Pedrini Cruz, destaca que o pagamento da insalubridade é um reconhecimento à dedicação dos profissionais médicos que não mediram esforços em atender os pacientes durante o período crítico da pandemia da Covid-19, principalmente no primeiro semestre deste ano.

SEGUROS