Sindicato Médico do Rio Grande do Sul - Simers
A Luta

Preocupação com desassistência mobiliza médicos de Canoas para assembleia

15/01/2019 00:00

Na próxima quinta-feira (17), os médicos de Canoas que atuam em unidades antes administradas pelo Grupo de Apoio à Medicina Preventiva (Gamp) vão estar reunidos em assembleia. A pauta é extensa e inclui o receio com a desassistência da população. 

Um dos motivos é a insegurança sobre o futuro da saúde no município após o fim da intervenção da Prefeitura de Canoas, que iniciou em 6 de dezembro de 2018 e tem prazo de 180 dias. 

A pressão dos médicos é para que seja apresentado um planejamento claro e antes que o prazo da intervenção se esgote, que evite qualquer chance de descontinuidade dos serviços. 

Problemas frequentes

Além disso, a assembleia também vai servir para discutir problemas que já se tornaram parte da rotina dos médicos, como o atraso no pagamento das férias, distorções nos contracheques e a supressão de gratificações.

O Simers ressalta que a presença dos profissionais é fundamental para mapear todas as irregularidades e definir formas de ação que evitem a continuidade do quadro.

Edital de convocação





Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
SEGUROS