Sindicato Médico do Rio Grande do Sul - Simers
A Luta

Médicos de Santo Antônio da Patrulha decidem entrar em greve

24/03/2016 10:36

DSC_0124
SIMERS, médicos e prefeitos estiveram reunidos. Foto: Elio Bandeira/SIMERS
Médicos municipários de Santo Antônio da Patrulha decidiram, em assembleia realizada nesta quarta-feira (22), entrar em greve a partir da próxima semana. Inicialmente, a categoria deflagrou estado de greve e, até o final do mês de março, devem paralisar os serviços, mantendo o mínimo de 30% do atendimento. Os médicos reivindicam reajuste salarial e melhorias nas condições de trabalho. A categoria tomou a decisão após mais uma reunião com o prefeito do município, o médico Paulo Roberto Bier, com a participação do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS). No encontro, o prefeito sinalizou com a criação de um plano de cargos e salários para a categoria e sugeriu que seja criado um grupo de trabalho para avaliar a proposta. No entanto, mesmo que a lei seja aprovada neste ano, a mudança só valeria a partir de 2017. No total, são 12 médicos ligados ao município. O SIMERS vai notificar o Ministério Público e o Conselho Regional de Medicina (Cremers) sobre a paralisação. "O prefeito apresentou uma proposta que não tinha viabilidade prática. Dessa forma, os médicos decidiram entrar em greve", salientou o diretor do SIMERS, Jorge Eltz, que acompanhou o encontro.

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
SEGUROS