A Luta

Simers acompanha mediações no Tribunal Regional do Trabalho

29/01/2021 00:00


O Simers participou de audiência de mediação do Tribunal Regional do Trabalho (TRT4), na quinta-feira (28), entre entidades sindicais e patronais do setor hospitalar. Pela manhã, o diretor do Simers Jefferson Boeira acompanhou a reunião com o Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre (Sindihospa). No turno da tarde, o diretor do Simers Carlos Peterson foi o representante da categoria na mesa de conciliação com a Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do RS (Sindiberf).

Na oportunidade, Boeira ponderou a urgência e a importância de reajuste salarial, visto que os valores estão defasados, inclusive salientou que o tema vem sendo abordado entre as principais instituições que representam a categoria e defendem a necessidade de um reparo nos ganhos laborais. “O Simers busca constantemente melhores condições ao exercício profissional, que contribuem e se estendem ao atendimento em saúde à população”, destacou. 

Sobre a negociação das instituições de saúde privadas, após as manifestações de todos os sindicatos, o vice-presidente do TRT4, desembargador Francisco Rossal de Araújo, solicitou que as entidades enviem, até sexta-feira (29), uma planilha com informações de cada categoria – com as suas datas-bases e os respectivos índices solicitados. 

Em relação às negociações com os hospitais beneficentes, religiosos e filantrópicos do Estado, firmou-se a seguinte proposta a ser submetida a cada categoria: reajuste dos salários com base no INPC integral (a partir do mês anterior e à data-base no caso dos médicos); possibilidade da prorrogação das normas coletivas até 2022; negociação em um prazo de seis meses para a categoria econômica realizar os pagamentos.

Novas audiências entre as partes estão marcadas para os dias 9 e 10 de fevereiro. O Simers já agendou Assembleia Geral Extraordinária com os médicos para 4 de fevereiro.

SEGUROS