Sindicato Médico do Rio Grande do Sul - Simers
Defesa

Simers constata superlotação psiquiátrica no PACS em Porto Alegre

06/09/2022 13:32

O Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) realizou visita técnica, coordenada pelo diretor Daniel Sauer Wolff, ao Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul (PACS), na zona sul de Porto Alegre nesta terça-feira, 06, e constatou superlotação no atendimento psiquiátrico com 32 pacientes, quando a capacidade é de 14 leitos. “Observamos pacientes em cadeiras e até mesmo no chão, aguardando atendimento”, destacou o diretor.

 

A equipe do Simers conversou com os médicos psiquiatras que informam baixa qualidade de medicamentos, quando são disponibilizados, e que a rede não consegue atender da melhor forma fazendo que os doentes, após hospitalização, retornem para o PACS zona sul com novas crises psíquicas. Esta realidade de dificuldade de acesso aos melhores fármacos, faz com que profissionais tragam remédios de seus consultórios particulares para melhor atender as pessoas.

 

Esta situação é agravada se considerar que em Centros de Atendimento Psicossocial (CAPS), em diversas unidades, não há psiquiatras. Existem pessoas dependentes de drogas gerando crise social, na medida em que os familiares as abandonam no Posto da Cruzeiro do Sul agravando a situação de superlotação da emergência, que não é adequada para permanência de pacientes, mas sim para atendimento temporário . Além disso, ainda foi informado que há escalas incompletas de psiquiatras nos plantões.

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
SEGUROS