Sindicato Médico do Rio Grande do Sul - Simers
Defesa

Simers visita UPA e Pronto Atendimento em Capão da Canoa

20/07/2022 16:52

A diretora do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) Gabriela Schuster realizou visitas na UPA e Pronto Atendimento de Capão da Canoa, na terça-feira, 19. Na ocasião, foi constatada a demora de internações, em função da regulação de leitos. 

Quatro pacientes esperam por leito psiquiátrico e não há vaga em unidades de referência, como Torres e Santo Antônio da Patrulha. A espera por leitos é recorrente na região, "fato que agrava o estado de saúde dos doentes", observou a diretora do Simers, ao lembrar que, em média, 200 pessoas esperam por internação em psiquiatria no Estado, revelando um cenário preocupante. Esperançosa, a médica Responsável Técnica no município Ana Paola Fernandes ressalta que há promessa de novos 20 leitos psiquiátricos para o litoral norte. 

A média de atendimento na UPA é de 190 pessoas ao dia. Em Capão Novo, os atendimentos são próximos de 100 ao dia, de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. Com 9 mil habitantes na região, o local recebe pacientes de outras praias como Curumin e Arroio Teixeira. 

Durante as visitas, a diretora do Simers conversou com os médicos, apresentando a estrutura do Sindicato para atender demandas da categoria e promover ações que possibilitem condições adequadas de trabalho e valorização aos profissionais médicos.

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
SEGUROS